Oferecer segurança vai além de atender aos bombeiros

Muitos empresários e construtores buscam profissionais para receber a aprovação dos bombeiros nos seus estabelecimentos. Esta é uma etapa muito importante e deve ser seguida à risca.

Existem profissionais despachantes que oferecem formas de aprovar os projetos sem ter a preocupação com a efetiva segurança do ambiente. As corporações de bombeiros buscam atualizar suas normas e capacitar seu quadro funcional. Porém, muitas vezes não conseguem fechar todas as demandas de um projeto. Muitos produtos de qualidade duvidosa são aplicados para aprovação e sem a devida preocupação com a especificação correta, para uma maior resistência e a manutenção da efetiva segurança dos usuários do estabelecimento por muito tempo.

Além disso, após o início do funcionamento, é comum o desrespeito e a falta de manutenção com os equipamentos instalados, considerando que sua função já aconteceu, pois o local já foi aprovado. Esta foto que ilustramos nesta postagem mostra o desrespeito com a segurança dos clientes deste supermercado pelos seus administradores. Foi investido em porta de saída de emergência por uma necessidade e a mesma está interrompida pelos carrinhos.

Outro exemplo muito comum é encontrarmos em escada de saída de emergência de hotéis os carrinhos das camareiras, entre outros objetos que impedem a evacuação segura dos hóspedes em situação de emergência.

A emergência e o pânico não têm hora para chegar. Os equipamentos de segurança são exigidos para serem aprovados, mas principalmente para oferecerem segurança efetiva para a população. Exija produtos de qualidade, faça a manutenção e utilize de forma correta para que seu estabelecimento sempre ofereça segurança para os seus usuários.

Opte por um ambiente mais seguro

Cada vez que ocorre um importante incidente no país, abrem se debates sobre a importância de existir um plano de prevenção contra incêndio e pânico nos locais atingidos.

O último evento foi o incêndio do Museu Nacional, que no momento do incêndio estava fechado, mas é um local que recebia muitos visitantes, inclusive crianças, além da equipe de funcionários que trabalhava no próprio museu.

É essencial que ambientes, com grande circulação de público, como shoppings, estádios, condomínios, museus, academias, clubes, auditórios, teatros, igrejas, casas noturnas, universidades, restaurantes, escolas, supermercados, clubes, ginásios, entre outras, estejam preparados para possíveis evacuações de emergência. Planejar, estar de acordo com as normas e oferecer segurança é a forma mais econômica e eficaz para prevenir fatalidades.

É por isso que a Disafe desenvolve um trabalho de conscientização, reforçando a necessidade e a importância do uso da barra antipânico, que é um elemento fundamental para a segurança de todos. E como resultado disso, em 2018, atingimos a incrível marca de 100.000 barras antipânico fornecidas para clientes em todos os estados do Brasil. Isso significa milhares de ambientes protegidos com barras antipânico nas saídas de emergência.

A Disafe também participa ativamente de comitês que revisam e elaboram as normas técnicas da ABNT a fim de modernizar, padronizar e proporcionar mais segurança para toda a sociedade.

O Brasil, ainda tem muito que avançar na área de segurança contra incêndio como um todo e, principalmente, no uso das barras antipânico. Portanto, a Disafe colabora para tonar este avanço mais rápido, oferecendo informação e produtos de qualidade.

Necessitamos de ambientes mais seguros para todos, afinal, incêndios, tumultos, desmoronamentos, explosões, atentados, entre outras fatalidades, podem ocorrer em qualquer local do mundo, inclusive onde frequentamos. A função da barra antipânico é possibilitar a rápida evacuação para que o bem mais precioso de todos, que é a vida humana, seja preservado. Investir em prevenção é a forma mais econômica e eficiente de resguardar a vida de todos! Exija, localize, use e confie na sua barra antipânico.

Barra Antipânico: item essencial que passa despercebido

A maioria das pessoas não sabe o que é uma barra antipânico. Ela é um item de fundamental importância em uma situação de emergência.
Porém, é de grande importância que todos conheçam este equipamento, pois nunca desejamos ter de usá-lo, mas caso necessário, devemos conhecer sua funcionalidade e principalmente, saber onde estão localizadas as saídas de emergência devidamente equipadas com este item.
As barras antipânico são equipamentos projetados para a fácil e imediata abertura de uma porta, seja ela de uma ou duas folhas, em caso de pânico ou necessidade de evacuação de um determinado local com acúmulo de pessoas. As barras antipânico são geralmente fornecidas em 2 modelos:

Leia +

Leia mais “Barra Antipânico: item essencial que passa despercebido”

A segurança patrimonial e a barra antipânico

A função primordial da barra antipânico é a proteção à vida e a ABNT NBR 11785 que é a norma que fixa as condições de fabricação e instalação. Enfatiza esta função nos seus ensaios onde o equipamento é acionado mais de 100.000 vezes e deve ter uma abertura rápida e leve para facilitar a evacuação. A norma proíbe a instalação de fechaduras auxiliares na porta que não possam ser abertas imediatamente pela barra antipânico.

Leia +

Leia mais “A segurança patrimonial e a barra antipânico”

Tamanho da barra antipânico

Uma dúvida muito comum entre profissionais e usuários de Barra antipânico é o tamanho ou o comprimento mais adequado da barra de acionamento. A Barra antipânico é um elemento de segurança fundamental e ela possui uma norma técnica que determina as condições de fabricação e de instalação no Brasil. A Norma atual, a NBR 11785 informa que o comprimento efetivo da barra de acionamento pode ser de até 200 mm menor que o vão livre da porta para portas de uma folha e de até 380 mm em portas de duas folhas.

Leia +
Leia mais “Tamanho da barra antipânico”

3 dicas de segurança para as festas de fim de ano

1) Verifique o nível de segurança do ambiente: Preste a atenção na lotação do ambiente. Locais com concentração de pessoas, devem cumprir normas importantes de segurança como: haver extintores de incêndio de fácil acesso , saídas de emergência desimpedidas, equipadas com barras antipânico e devidamente sinalizadas. Localize e memorize estes equipamentos de segurança com muita atenção logo na sua entrada no ambiente.

Leia +

Leia mais “3 dicas de segurança para as festas de fim de ano”

Você confere a reputação do seu fornecedor no reclame aqui?

Reclame Aqui é um site brasileiro de reclamações de consumidores sobre atendimento, produtos e serviços. É um serviço gratuito, tanto para os consumidores postarem suas reclamações quanto para as empresas responderem a elas.
No Reclame Aqui você pode checar a reputação do seu fornecedor antes de efetuar a compram a fim de evitar surpresas.

Leia +

Leia mais “Você confere a reputação do seu fornecedor no reclame aqui?”

Dicas de segurança para locais com grande quantidade de pessoas


Costumamos frequentar locais com aglomeração de pessoas e com risco de ocorrência de situações de emergência e pânico. Locais como shopping centers, supermercados, auditórios, cinemas, teatros, hospitais, hotéis, clubes, casa de festas, shows, parques, estádios, ginásios, etc. Aqui listamos algumas dicas que sempre devem ser observadas quando entramos em um local deste perfil:

  • Busque identificar a lotação do ambiente: Alguns locais tem o limite de pessoas identificadas na porta do local. Atente-se para que este limite esteja sendo respeitado. Quanto maior a aglomeração maior deverão ser os cuidados. Os ambientes, com o decorrer do tempo, aumentam sensivelmente a sua lotação sem que percebamos.
  • Verifique se a entrada principal do local tem sentido de abertura no sentido da fuga, se a mesma tem uma abertura suficiente e que não esteja interrompida por roletas, móveis, etc.
  • Procure imediatamente a existência de outras saídas de emergência. Em locais com mais de 100 pessoas é obrigatório o uso de barra antipânico na saída de emergência.
  • Verifique se as saídas de emergência estão sinalizadas, equipadas e desimpedidas. Abra a porta e verifique se as condições do local de fuga estão livres e sem nenhum obstáculo como: móveis, caixas, veículos, decoração, etc
  • Caso identifique algum impedimento comunique-se com o responsável pelo local e não sendo resolvido comunique-se de imediato com a autoridade policial ou os bombeiros através do telefone e retire-se do local.
  • Em locais amplos como supermercados, shopping centers e centro de eventos acompanhe sempre a sinalização para identificar a saída de emergência mais próxima do seu local.
  • Verifique se o local tem extintores de incêndio de fácil acesso.
  • Em estádios ou grandes shows marque um ponto de encontro fora do local em caso de uma evacuação.

5 dicas de manutenção da sua barra antipânico

1 – Limpeza do equipamento.
Faça a limpeza externa com detergente neutro. Não use produtos mais fortes e abrasivos para evitar prejudicar o acabamento da barra antipânico.

2- Aperto dos alojadores:
Alojadores são os locais onde ficam alojados as linguetas ou trincos quando a porta está fechada. Verifique o aperto de todos na porta, em cima e no piso.

3- Testes de funcionamento:
Faça testes de funcionamento na barra antipânico, principalmente naquelas instaladas em saídas muito pouco utilizadas. Simule a abertura e o fechamento da porta. Em portas de duas folhas deve ser simulado a abertura de cada folha individualmente o que deve sempre ocorrer.

4-Lubrificação:
Equipamentos instalados em áreas externas ou com um fluxo muito intenso pode ser necessário com o tempo a sua lubrificação. Caso sinta necessidade abra a tampa do suporte central e faça lubrificação com graxa especificada pelo fabricante.

5-Acesso externo:

Quando existir acesso externo com chave, lubrifique o miolo , quando necessário, apenas com grafite em pó. Chaveie o acesso externo e teste o funcionamento da barra pela parte interna. A mesma deve continuar funcionando e abrindo a porta normalmente, apenas desta forma está garantida a segurança.